Repertorium

"Blogue de notas" da unidade curricular de Análise de Fonogramas e Eventos da Licenciatura em Música variante Produção e Tecnologias da Música, da Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo, do Instituto Politécnico do Porto. Um Moleskine virtual cujo tema é "O mundo da música e as músicas do mundo". Orientação do Professor Mário Azevedo

terça-feira, novembro 14

Begoña Olavide - Salterio

O Saltério é um cordafone. Ou seja, um instrumento de cordas. Estas são montadas sobre uma caixa acústica de madeira podendo ser tocadas com o dedo, percutidas com baquetas ou tangidas com um arco. A provável origem deste instrumento é a mesopotâmia, remontando há cerca de 3000 anos, um pouco mais jovem que o primeiro instrumento de cordas – a Harpa.
A chegada à Europa dá-se na Idade Média, provavelmente trazido por cruzados e por comerciantes.
Begoña Olavide é considerada uma virtuosa do Saltério, colaborando com Jordi Savall no grupo de Música Antiga Hespérion XXI. Um dos seus registos fonográficos é, precisamente, Salterio. Editado pela M A Recordings, foi gravado, entre 4 e 6 de Março de 1994, em La Monasterio de la Santa Espina, Valladolid, Espanha. Houve um grande cuidado na captação sonora do instrumento, tendo sido utilizados equipamentos alterados pelo engenheiro japonês Junichi Yonetani, o que conferiu uma qualidade audiófila a esta gravação.
No site da M A Recordings pode ser escutado um excerto da faixa 11 do Salterio. Existe, ainda, uma edição de alta qualidade em vinil de 180 gramas.

1 Comments:

At 5/1/08 14:22, Anonymous Ana Machado said...

Ainda bem que encontrei este blog.
Calhou-me este registo fonográfico para me dar ao luxo de o poder 'caracterizar e contextualizar', nunca claro, ao modo e nem a médio nível do senhor professor Mário Azevedo.
De qualquer maneira, e não apenas para esta necessidade de ultima hora, fico contente por aqui poder vir a encontrar qualquer coisa nova.

Inté :)

 

Enviar um comentário

<< Home