Repertorium

"Blogue de notas" da unidade curricular de Análise de Fonogramas e Eventos da Licenciatura em Música variante Produção e Tecnologias da Música, da Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo, do Instituto Politécnico do Porto. Um Moleskine virtual cujo tema é "O mundo da música e as músicas do mundo". Orientação do Professor Mário Azevedo

quarta-feira, novembro 1

Mais um instrumento pouco comum

O século XX apresentou-nos uma série de novos instrumentos. Uns apenas simples experiências, sendo só tocados pelo seu inventor (e muitas vezes só por ele conhecido), mas outros acabaram por ser utilizados por grupos bem populares. É o caso do Theremin (ou Thereminvox) que, tal como o Trautonium, foi uma consequência da investigação na área da radiofonia.
Inventado em 1919, pelo violoncelista russo Lev Sergeivitch Termen (Leon Theremin), o Theremin é um intrumento musical electro-acústico que aproveita as propriedades eléctricas do corpo humano.
O som é produzido electronicamente. Há dois osciladores de alta-frequência no instrumento que produzem, cada um, uma corrente eléctrica na mesma frequência, quando não há nada perto da antena. Ao aproximar-se uma mão da antena a frequência da corrente de um oscilador altera-se. A sonoridade emitida depende da proximidade das mãos à antena no topo da caixa e ao aro que está no lado oposto. As duas correntes eléctricas de alta-frequência misturam-se e produzem uma corrente de baixa frequência, que é amplificada e transmitida por um altifalante.
Em 1928, o Theremin sofreu uma evolução pelo músico francês Maurice Martenot, que o transformou num instrumento de teclas – o Ondes Martenot. As alterações nas frequências eram, agora, produzidas mediante a pressão em teclas, como num piano, obtendo-se, assim, as notas desejadas.
O Theremin foi usado por Ike & Tina Turner (em “Nutbush City Limits”) e pelos Led Zepplin (numa versão ao vivo de “Whole lotta Love”). Como curiosidade, tem-se atribuído o uso do Theremin pelos Beach Boys em "Good Vibrations", mas o instrumento usado neste trecho musical foi o Tannerin, um instrumento com uma sonoridade similar ao Theremin, pois não havia nenhum no estúdio na altura do registo musical.
No site Theremin World o instrumento é explicado através de pequenos filmes. No vídeo, aí em baixo, pode ver-se uma reportagem da BBC, onde a Radio Science Orchestra toca uma das muitas versões do Theremin.


E, neste aqui em baixo, um exemplo de execução musical no Theremin criado por Robert Moog.

1 Comments:

At 2/11/06 23:59, Blogger Denudado said...

É uma bela surpresa, este blog. Deve ser único em toda a blogosfera! Anseio por mais artigos.

 

Enviar um comentário

<< Home